Caminhada da Primavera brindada com um lindo dia de sol.

A primavera chegou com um manhã de domingo soalheira e com temperatura amena. 8h30, começaram a chegar os primeiros de muitos caminheiros, perto de uma centena, que deram corpo à 18ª Caminhada da Primavera, organizada pela Associação Tourencius dos Xudreiros.

Depois de cumpridas as formalidades das inscrições deu-se início à caminhada. Foram percorridos trilhos na veiga da aldeia e pelos caminhos interiores de Tourencinho, bem como da Serra da Padrela, onde a natureza mostrou todo o seu encanto na complexidade de cores das flores, que dão alimento às abelhas cujo trabalho árduo culmina num produto de excelência, o MEL. Do alto da serra, os caminheiros puderam contemplar o Vale de Aguiar e a Serra do Alvão, avistando ao longo o belo Castelo de Aguiar. Alguém dentro do grupo afirmou que “esta paisagem é única e deslumbrante”.

Por volta das 13 horas, o almoço, bem merecido, foi servido na sede da Associação Tourencius dos Xudreiros No final o convívio prolongou-se pela tarde dentro, entre dois dedos de conversa, um jogo de cartas e umas jogadas de fito.

A Associação Tourencius dos Xudreiros agradece, nomeadamente, Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, Junta de Freguesia de Telões, Conselho Diretivos dos Baldios de Tourencinho, Centro Social Nossa do Extremo, Jornal Noticias de Aguiar, Gráfica Aguiarense e Padaria e Pastelaria Carrica, que apoiaram a organização deste evento e a todos quantos nela participaram, esperando que nos visitem nos próximos eventos da nossa Associação.

3 Horas Resistência BTT animou as ruas e caminhos de Tourencinho

A meteorologia anunciava chuva para o Domingo de Carnaval e ameaçava a saída dos caretos neste dia festivo, em muitos locais do concelho e do país. Em Tourencinho o Carnaval celebrou-se de forma bem diferente, com a realização de uma prova de 3 Horas de Resistência de BTT. Alinharam à partida mais de uma centena de atletas, para enfrentar o percurso com cerca de 5,5 km, que percorreu ruas, caminhos, pontes, quelhos, fragas, bouças e outros locais fantásticos para a prática de BTT, nesta aldeia do Vale de Aguiar.

Os primeiros atletas chegaram bem cedo, para cumprir as habituais formalidades relativas à inscrição, nomeadamente o levantamento dos dorsais, aquecimento e reconhecimento do percurso. Finalizada a colocação nas boxes de todos atletas, seguindo a ordem de inscrição, foi dada a partida às 10 horas em ponto. As primeiras voltas foram concluídas com uma média muito forte, pois o piso ainda estava seco. A partir da primeira hora de corrida uma chuva miudinha foi uma constante, forçando os atletas a moderar a velocidade nas descidas e zonas mais técnicas, não tendo porém impedido uma ou outra queda, mas sem qualquer mazela para os envolvidos.

Além de atletas e equipas de renome a nível nacional, nomeadamente, Tiago Ribeiro (Saertex Portugal/Edaetech) e José Pacheco (Celobike|Só Barroso|SSP|Materbosto), também participaram na prova os atletas da equipa Skoda Irmãos Leite | Tourencinho, foram eles, Nuno Miranda, Jorge Machado, José Portelinha, Ricardo Lameira, Carlos Martins e Gabriel Faria, este a estrear-se nas provas de BTT, mas demonstrando grande à vontade nos trilhos.

Também é de salientar o facto de a classe feminina ter tido um número elevado de participantes, sendo que nesta categoria, subiram ao pódio Marlene Gonçalves (MozinhoRT/Martos/Pellets) 1ª classificada, Silvia Costa (Pedras Bikers Team) 2º classificada e Carla Oliveira (Individual) em 3º lugar.

Na classe de Elites, João Loureiro (Individual) subiu ao lugar mais alto, seguido de  Paulo Lourenço (Active Gym Utad) (2º) e Alfredo Gomes (Pedras Bikers Team) (3º).

Em Master 30, José Pacheco (Celobike|Só Barroso|SSP|Materbosto) terminou em 1º lugar, Tiago Ribeiro (Saertex Portugal/Edaetech) ficou em 2º lugar e Daniel Pimenta (CTM Vila Pouca/Bike Box Vila Real) fechou o pódio em 3º lugar.

Em Master 40, Pedo Botelho (Bike Box/Marietel) foi o justo vencedor, classificando-se Carlos Martins (Skoda Irmãos Leite/Touencinho) em 2º lugar, seguido de Armando Taipa (Saertex Portugal/Edaetech).

Em duplas o pódio ficou assim formado: 1º Classificados: Tiago Borges e Romeu Silva (Lipor Bike Team); 2º Classificados: José Portelinha e Jorge Machado (Skoda Irmãos Leite/Tourencinho) e 3º Classificados: Paulo Moreira e Leonardo Vale (Balantuna Cycling Team).

A classificação geral da prova teve como vencedor José Pacheco (Celobike|Só Barroso|SSP|Materbosto), seguindo de Tiago Ribeiro (Sartex Portugal/Edaetech), fechando o pódio João Loureiro (Individual).

Nuno Miranda (Skoda Irmãos Leite/Tourencinho), Ricardo Lameira (Skoda Irmãos Leite/Tourencinho) e Gabriel Faria, todos Master 30 terminaram a prova em 8º, 12º e 24º lugar, respetivamente.

No final da prova a satisfação e repostas as forças com o almoço bem merecido a satisfação dos atletas e acompanhantes era geral, seja com o percurso, com a organização e mesmo com o almoço.

António Lameiras, Presidente da Associação Tourencius dos Xudreiros, não ficou indiferente com a adesão e satisfação de todos quantos se deslocaram a Tourencinho para uma manhã fantástica de BTT e prometeu que para o ano há mais.

A ACRTX agradece a todos os que colaboraram na organização da prova, quer antes quer no decorrer da mesma, para segurança dos atletas em prova, a todos bem hajam.

Por fim agradecer o apoio incondicional da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, Junta de Freguesia de Telões, Conselho Diretivo dos Baldios de Tourencinho, Centro Social Nossa Senhora do Extremo, Associação Regional de Ciclismo e Federação Portuguesa de Ciclismo, Padaria Carrica, Gráfica Aguiarense e Jornal Noticias de Aguiar.